Our new collective book with Timo Bartholl, Christos Filippidis and the amazing Minhocas Urbanas collective (with a foreword by Raj Patel) on the struggle for food sovereignty in Rio’s favelas is now in pre-order in Brazil, published by CONSEQUÊNCIA Editora. Cover by Tony Paraná. The book is an outcome of our Nutricities British Academy grant, and will soon be published in Greek (Futura) and in English (PM Press) as well:

FAVELA, RESISTÊNCIA E A LUTA PELA SOBERANIA ALIMENTAR

Antonis Vradis, Christos Filippidis, Timo Bartholl e Minhocas Urbanas (Autores)

Sobre o livro:

“O termo  soberania alimentar foi cunhado pela Via Campesina, em oposição à  segurança alimentar . Os códigos do liberalismo   segurança alimentar, adequação nutricional, equilíbrio calórico   não são termos para a cessação da fome, mas para a sua gestão permanente. É difícil analisar a condição permanente de 2 bilhões de pessoas em insegurança alimentar ou o aumento do número de pessoas desnutridas, mesmo antes da covid-19 e suas recessões, de qualquer outra forma. Ao invés de adiar a promessa do fim da fome como faz a segurança alimentar, a soberania alimentar refere-se às condições políticas necessárias para que todas as pessoas possam se alimentar com dignidade.

Uma forma de analisar a soberania alimentar é como  o direito de ter direitos sobre o sistema alimentar . Para que quaisquer direitos sejam eficazes, eles precisam de um Estado disposto a aplicá-los. Na Maré, direitos são uma promessa adiada. Favelas são lugares para os quais o Estado prometeu desenvolvimento, mas não concretizou ainda. Elas são, para reposicionar a frase de Dipesh Chakrabarty, uma sala de espera da História. Seria um erro, no entanto, presumir que só porque o Estado pede paciência às suas cidadãs e seus cidadãos, ela seja oferecida de bom grado. A fim de impor essa paciência, o Estado implantou um conjunto de violência, do qual a insegurança alimentar faz parte. Como podem cidadãs e cidadãos terem o direito de ter direitos quando o Estado é o inimigo “

É com essa provocação que Raj Patel, acadêmico, jornalista, militante e escritor britânico-indiano que visitou o território em meio ao qual nascem as reflexões deste livro para a Semana da Soberania Alimentar na Maré 2018, apresenta esse livro de autoria coletiva dos pesquisadores Antonis Vradis, Christos Fillippidis, Timo Bartholl e do grupo de pesquisa comunitária Minhocas Urbanas. E são questões como essa que o livro  Favela, resistência e a luta pela soberania alimentar  propõe-se a discutir, com base em um processo de pesquisa-ação, realizado entre os anos de 2017 e 2019 nas e a partir das favelas da Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Sobre os Autores: 

Antonis Vradis, Geógrafo baseado na Escola de Geografia e Desenvolvimento Sustentável, Universidade de St. Andrews, Escócia (Reino Unido). Também é editor da CITY e da Political Geography. Sua pesquisa abrange uma gama um tanto ampla, da migração às cidades, da política alimentar à infraestrutura, sempre lidando com a questão de como convivemos uns com os outros nestes tempos estranhos.

Christos Filippidis, Pesquisador baseado em Atenas dedicado a investigar criticamente as questões urbanas de segurança e militarização. Timo Bartholl, Geógrafo com formação pelas Universidade de Tübingen/Alemanha (diploma) e Universidade Federal Fluminense (UFF), Niterói/Brasil (doutorado). Professor adjunto do Departamento de Geografia da UFF, integrante do Coletivo Roça!, trabalha na interface universidade-movimento social, estuda temas como resistência e suas territorialidades nas periferias, economias coletivas e lutas pela autonomia alimentar no urbano por meio de processos de pesquisa-ação e investigação militante em prol de uma Geografia em movimento(s).

Minhocas Urbanas, Grupo de pesquisa-ação comunitária que se formou em finais de 2017 para atuar no projeto de pesquisa NutriCidades. Composto por moradores engajados em trabalhos de base nas favelas da Maré e uma agricultora agroecológica de Magé, realizou a Semana da Soberania Alimentar na Maré 2018 e compartilha o legado de seu trabalho em: https://soberania-alimentar-mare.home.blog/.

CONSEQUÊNCIA Editora

ASSUNTO: GEOGRAFIA, CIÊNCIAS SOCIAIS

IDIOMA: Português

FORMATO: Brochura, TAMANHO: 16 x 23,0 cm

EDIÇÃO: 1ª  2021

PÁGs.: 336

LOMBADA: 2,0 cm – PESO: 700 gr.

ISBN: 9786587145181